NOVO HAMBURGO

19°C

Publicidade
RS

Polícia Civil de luto com morte de inspetor durante ação para prisão de integrante de facção criminosa

OAB/RS também se manifestou estendendo a solidariedade a todos os integrantes das forças de segurança do Estado.

02 de Maio, 2018 às 13:30

A Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul está de luto. Na manhã desta quarta-feira (02), um inspetor de polícia faleceu durante ação para prisão de integrante de facção criminosa em São Sebastião do Caí.


Confira a Nota de Pesar:


A Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul manifesta seu mais profundo pesar pelo falecimento do inspetor de polícia Leandro de Oliveira Lopes.


Leandro faleceu nesta manhã, 02 de maio de 2018, no cumprimento do seu dever como policial e defensor da sociedade, enquanto cumpria mandado de prisão durante operação policial em São Sebastião do Caí. A ordem judicial visava a cumprir a prisão de um integrante de facção criminosa, com origem em Porto Alegre que atua no tráfico de drogas e com histórico de inúmeros homicídios. O policial civil foi alvejado com disparo de arma de fogo durante a ação.


Leandro, 30 anos, é ex-policial militar e se formou em novembro de 2017, na 51ª turma de inspetores de polícia. Ele estava lotado na Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de Canoas. A Polícia Civil se solidariza com a dor dos familiares, policiais e amigos, diante desta perda irreparável.


FamiliaPCemLuto SomostodosLeandro

Porto Alegre, 02 de maio de 2018.

EmersonWendt | Delegado de Polícia | Chefe de Polícia – RS


Publicidade


OAB/RS


A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Rio Grande do Sul também lamentou a perda e publicou manifestação em seu site. Confira o texto:


“A OAB/RS vem a público lamentar a morte do policial civil, Leandro de Oliveira Lopes, integrante da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul. Na manhã desta quarta-feira (02), o policial estava cumprindo um mandado de busca na cidade de São Sebastião do Caí em operação de combate ao tráfico de drogas, quando foi atingido por um disparo de arma de fogo.


Neste momento de dor, a Ordem gaúcha se solidariza com os familiares do policial e, em nome do Chefe de Polícia do Rio Grande do Sul, Emerson Wendt, estende a solidariedade a todos os integrantes das forças de segurança do Estado.”

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS