NOVO HAMBURGO

19°C

Publicidade

Júlio César é muito maior do que uma derrota de 7 x 1

Goleiro, que ficou marcado pela derrota na semifinal da Copa de 2014, encerrou a carreira

25 de Abril, 2018 às 11:23

Despedida em grande estilo: Júlio César foi festejado pela torcida do Flamengo. Divulgação

Quando se fala na Copa do Mundo de 2014, logo lembramos da fatídica derrota do Brasil para a Alemanha por 7 a 1. Logo lembramos também que o goleiro daquele jogo era Júlio Cesar e que, desde então, sua carreira tomou novos rumos.

Porém, muito antes daquele jogo, Júlio já havia conquistado vários títulos e virado ídolo de muitos meninos e adultos apaixonados por futebol, principalmente pela posição de goleiro. Só quem já atuou nessa posição sabe o quão ingrata ela é, ao mesmo tempo em que pode ser a mais recompensadora possível.



Voltando ao grande Júlio César, para quem não tem uma aproximação muito grande com o futebol, parece que aquele jogo foi o fim de carreira para ele e tudo o que havia ganhado anteriormente havia sido colocado na lata de lixo.


Como os treinadores gostam de falar, ganha todo mundo e perde todo mundo. É dessa forma que entendo que precisa ser analisada aquela partida e ,por isso, isento de culpa única o Júlio.


Presenciei, acompanhando ligas europeias por onde ele atuou, ser idolatrado pelas torcidas, muito em conta pelas defesas maravilhosas e atuações irrepreensíveis.


Publicidade


As palavras mal expressadas e os textos pejorativos podem problematizar o resto da vida profissional e pessoal de uma pessoa, mas Júlio César conseguiu superar tudo isso. A prova de que sua idolatria é imensa: voltou ao Flamengo para encerrar a carreira e quis o destino que fosse no Maracanã, onde deveria ter atuado na final da Copa de 2014, o palco de seu último desfile. Sim, para este articulista, com raríssimas exceções, Júlio César sempre foi regularíssimo e um grande goleiro, ocupando lugar de destaque na galeria dos grandes do Brasil.


Obrigado, Júlio, por sua carreira brilhante e por ser ídolo de muitas crianças e exemplo de profissional para muitos jogadores.

Autor

Cássios Diogo Schaab

Saiba mais

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS