NOVO HAMBURGO

19°C

Publicidade
RS

Prepare o bolso: tarifa da RGE Sul vai aumentar mais de 20%

Audiência Pública foi realizada em São Leopoldo para apresentação e discussão dos valores

18 de Abril, 2018 às 16:43

Preparam os bolsos! Lá vem mais aumento! Lá vem mais aumento! Lá vem mais desemprego e quebradeira!


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (17) a Quarta Revisão Tarifária Periódica da RGE-Sul Distribuidora de Energia S.A. A empresa atende 1,3 milhão de unidades consumidoras localizadas em 118 municípios das regiões metropolitana e Centro-Oeste do Rio Grande do Sul.


O percentual a ser percebido pelos consumidores residenciais (B1) é de 20,96%. Os índices entram em vigor nesta quinta-feira (19).


A revisão tarifária está prevista nos contratos de concessão e tem por objetivo obter o equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e a cobertura de despesas efetivamente reconhecidas pela ANEEL. Confira abaixo os índices aprovados.


Empresa

Classe de Consumo – Consumidores cativos

Baixa tensão
em média

Alta tensão
em média (indústrias)

Efeito Médio para o consumidor

RGE-Sul Distribuidora

21%

24,99%

22,47%




O assunto ficou em audiência pública no período de 24/1/18 a 10/3/18 e recebeu quatro contribuições de agentes do setor. Houve uma sessão presencial para discutir o assunto em 5 de março em São Leopoldo.


Sobre a CPFL Energia


A RGE Sul faz parte da CPFL Energia. Há 104 anos no setor elétrico, a CPFL atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização, serviços e telecomunicações. É líder no mercado de distribuição, com 14,3% de participação, totalizando mais de 9,1 milhões de clientes em 679 cidades em São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná.


Publicidade


Na comercialização, é um dos líderes no mercado livre, com uma participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais entre as comercializadoras. É um dos líderes na comercialização de energia incentivada para clientes livres.


Na geração, é o terceiro maior agente privado do país, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis. A CPFL Geração conta com 2.248 MW de potência instalada, considerando sua participação equivalente em cada um dos ativos de geração.


Em 2011, criou a CPFL Renováveis, com ativos como PCHs, parques eólicos, termelétricas a biomassa e a usina solar Tanquinho, pioneira no Estado de São Paulo e uma das maiores do Brasil. Adicionando a participação equivalente na CPFL Renováveis, a capacidade instalada total do Grupo CPFL atingiu 3.192 MW no final do terceiro trimestre de 2016. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros.


A CPFL Energia tem ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além participar do Índice Dow Jones Sustainability Index Emerging Markets e do Morgan Stanley Capital International Global Sustainability Index (MSCI). Pelo 11º. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS