NOVO HAMBURGO

26°C

Publicidade

Equipe de robótica de Novo Hamburgo busca apoio para disputar etapa mundial nos Estados Unidos

Grupo do Colégio Pio XII é o único do Brasil a se classificar cinco vezes consecutivas para final mundial

08 de Abril, 2018 às 10:31

Equipe obteve as maiores premiações na etapa regional disputada também nos Estados Unidos. Divulgação

Cinco vezes consecutivas na final da maior competição educacional de robótica do mundo. Nenhum outro colégio do Brasil obteve essa marca. O feito é da equipe do Colégio Pio XII, de Novo Hamburgo, a Under Control #1156.


Mais uma vez, a equipe venceu a etapa regional FIRST® Robotics Competition (FRC), concorrendo com equipes dos Estados Unidos, China, Israel e Canadá, países com alto potencial de desenvolvimento tecnológico e de robôs. A vitoriosa participação rendeu aos estudantes prêmios e vaga para a etapa mundial, entre os dias 18 e 21 de abril, em Houston, no Texas, Estados Unidos.


Só que para poder levar o máximo de alunos para tentar a conquista mundial diante de outras equipes competitivas, os estudantes estão precisando do apoio da comunidade. As famílias e o colégio já tiveram grande envolvimento com a fase regional, realizada em Troy, próximo a Albany, capital do estado de Nova York. Agora, é hora de reunir esforços para que a turma do Pio XII consiga ter ainda mais sucesso em Houston.


A fim de incentivar a comunidade hamburguense a se envolver e prestigiar os estudantes, foi criado uma “vaquinha virtual”. A meta é alcançar R$ 33 mil até 18 de abril – até o momento, foram R$ 1.875,00. O site pra doações é https://www.vakinha.com.br/vaquinha/gounder.


Publicidade


Nesta semana, representantes do Undes Controle #1156 estiveram na Câmara de Vereadores para falar da mobilização. O requerimento verbal foi feito pelo vereador Raul Cassel (PMDB). Filipe Ghesla, professor e instrutor da equipe, ocupou a tribuna ao lado da estudante Paula Muller de Souza, que compõem o grupo com cerca de outras 30 pessoas.


“Conquistamos na maior competição de robótica quatro prêmios; três deles nos deram vaga para participar do campeonato mundial”, disse Ghesla, que participa da equipe de robótica desde 2006. O grupo foi agraciado com o Chairman’s Award, também obtido na etapa de Nova York. Esse é o prêmio de maior prestígio da competição, por reconhecer a equipe modelo para as demais.


“Passamos por uma série de dificuldades estando no Brasil, mas isso nunca nos impediu de fazer acontecer. Todo o material de ciência e tecnologia que utilizamos é importado”, contou, informando que o trabalho sofre impactos com a demora para a chegada das encomendas e com os impostos cobrados. Para ilustrar as situações enfrentadas ao longo dos anos, ele comentou que um robô feito pela equipe e levado ao exterior para uma competição está retido pela Receita Federal há três anos. “Não tem valor comercial algum, apenas o do nosso trabalho”, acrescentou.


O Pio XII se classifica para a etapa mundial desde 2014. De acordo com o instrutor, a Under Control é a única equipe do Brasil a conseguir esse feito por cinco anos consecutivos. “Temos bastante orgulho de saber que mais de três mil pessoas da nossa comunidade foram impactadas, sejam alunos do nosso colégio ou alunos da rede municipal, que participaram das nossas oficinas”, concluiu.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS