NOVO HAMBURGO

25°C

Publicidade

Software de empresa de Novo Hamburgo permite o gerenciamento 100% online de lojas

Software gaúcho integra os pontos de venda, financeiro e estoques com as tecnologias mais recentes no mercado brasileiro

03 de Abril, 2018 às 18:04

​Ao integrar pontos de venda (PDV), área financeira e estoques, o sistema é uma inovação para várias lojas. Divulgação

Em um mercado competitivo, os varejistas, independentemente do porte, precisam ter o controle das operações das lojas, reduzir custos e conhecer cada vez mais seus consumidores.


A solução tecnológica para estes dilemas do varejo atende por BusinessShop, um software inteligente e gaúcho desenvolvido pela Server Softwares para Varejo, de Novo Hamburgo. “A grande genialidade é o controle dos negócios 100% online. Além das inúmeras funcionalidades, os relatórios podem ser acessados pelos executivos, via web ou Apps próprios para dispositivos móveis, em qualquer parte do planeta”, explica o diretor Comercial, Marcos Zanelatto.


Ao integrar pontos de venda (PDV), área financeira e estoques, o sistema é uma inovação para lojas de confecções, calçados e acessórios (bolsas, bijuterias, entre outros). Para Zanelatto, não basta apenas atrair um consumidor ainda receoso, é preciso inovar, configurar os negócios e traçar estratégias para alcançar as metas.


É este movimento de busca de eficácia que o BusinessShop puxa para si, ao proporcionar dinamismo ao varejo brasileiro, consequentemente a entrega de novas experiências de compras ao consumidor final. “Hoje, as transações comerciais estão cada vez mais distantes do off-line. Nossa tecnologia foi pensada para atender as reais necessidades dos lojistas”, afirma o executivo, acrescentando que o BusinessShop é o software oficial da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV).


Por ser um facilitador, que integra todas as lojas em um único ponto e com conversação entre si, o software vem carregado de diferenciais. Entre as funções práticas na rotina dos lojistas, o diretor Técnico e de Desenvolvimento, Diego Zanelatto, destaca a troca de mercadorias. “Com poucos cliques, mesmo sem a nota fiscal, a compra do cliente é localizada e o sistema calcula tudo”, comenta. O BusinessShop também possibilita a geração de promoções que são replicadas para toda a rede de lojas com um simples apertar de botão. Outro ponto positivo é a possibilidade de personalização: visão global do negócio, separada de cada loja ou ainda da rede de franqueados.


Publicidade


DE PONTA A PONTA NO BRASIL


Com uma carteira de mais de dois mil clientes, posicionados geograficamente de ponta a ponta no Brasil, a Server Softwares para Varejo vem integrando os negócios de marcas reconhecidas nacionalmente e internacionalmente, como Bibi, Luz da Lua, Usaflex, entre outras tantas. Trata-se de uma estrada territorial próspera para o BusinessShop, que está de acordo com as regras fiscais de todos os Estados. A tecnologia embarcada torna o software flexível, servindo de empresas de grande e médio porte a franquias epontos de venda alternativos (quiosques, trucks, contêineres, store in store).


NOVIDADES A CAMINHO


Com 27 anos de mercado, a Server sabe muito bem o quanto é importante a inteligência tecnológica para atravessar crises. “Há 20 anos, tivemos que nos reinventar para sobreviver a uma crise. Naquela época, deixamos de ser uma empresa focada em softwares para a indústria para atuar exclusivamente com soluções completas para o varejo”, explica Diego Foco e empenho que não poderiam ter outro resultado.


Nos últimos dois anos, a empresa hamburguense obteve um crescimento de fazer inveja a seus pares: 36% de incremento no faturamento em 2016 e percentual idêntico em 2017 sobre o ano anterior. E se depender dos resultados do primeiro trimestre, o faturamento vai deslanchar em 2018. De janeiro a março, a empresa registrou crescimento de 98% em relação aos três primeiros meses do ano passado. Números que devem se multiplicar ainda mais diante das novidades a caminho, algumas delas já em piloto.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS