NOVO HAMBURGO

14°C

Publicidade

Começa o mutirão de 1.400 cirurgias pelo SUS em São Leopoldo

Todas as segundas, quartas e sextas-feiras serão realizadas seis cirurgias, três no turno da manhã e três no da tarde.

03 de Abril, 2018 às 08:25

Foram realizados, na manhã desta segunda-feira, os primeiros dos 1,4 mil procedimentos cirúrgicos. Divulgação/Hospital Centenário

Foram realizados, na manhã desta segunda-feira, dia 2 de abril, os primeiros dos 1,4 mil procedimentos cirúrgicos do Mutirão de Cirurgias que serão realizadas pelo SUS em São Leopoldo.


Desde os primeiros contatos com os pacientes que aguardavam na fila à realização dos exames pré-operatórios, da reforma da unidade onde ficarão internados para a recuperação até o procedimento cirúrgico, a ação conjunta entre a Secretaria Municipal de Saúde (Semsad) e o Hospital Centenário envolveu trabalhadores de diversas áreas. “Além de trazer qualidade de vida e saúde para a população, as cirurgias comprovam a força e a importância do Hospital Centenário para a cidade”, afirmou a presidenta da Fundação Hospital Centenário, Quelen da Silva.


Todas as segundas, quartas e sextas-feiras serão realizadas seis cirurgias, três no turno da manhã e três no da tarde. Em dois sábados de cada mês haverá um plantão com oito intervenções. O que resulta numa média de 22 cirurgias por semana. “Essa iniciativa terá um grande impacto na vida das pessoas. Boa parte desses pacientes aguarda desde 2014”, ressaltou o secretário da Saúde Ricardo Charão.


O titular da Semsad pediu que os pacientes retirem os exames pré-operatoriais realizados no Centro Médico Capilé. “Para autorizar as cirurgias, são necessárias, no mínimo, duas consultas. Uma para solicitar exames, outra para a entrega. Tem gente que não está retornando, isso gera um atraso no fluxo”, alertou.


Publicidade


As ações foram divididas em três etapas. A primeira abrange 450 cirurgias de histerectomia (retirada de útero) e colecistectomia (retirada da vesícula). Num segundo momento, a partir de abril, a Semsad executará 355 cirurgias de catarata e 499 procedimentos ambulatoriais de escleroterapia, que trata varizes. Na terceira fase, a Secretaria oferecerá outras 127 intervenções de retirada de útero e de vesícula no Centro Médico Capilé, no final de maio.


Assessoria de Imprensa/Prefeitura de São Leopoldo

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS