NOVO HAMBURGO

25°C

Publicidade

Não propague mentiras. Não seja manipulado. Anule os Fakes. Saiba como não ser enganado

Existem várias características de perfis e sites Fakes, que existem para divulgar mentiras, falar mal e manipular as pessoas

01 de Abril, 2018 às 19:17

Divulgação

Perfis falsos – ou Fakes. Sites Fakes – ou falsos. Esta é uma realidade mundial.


Falcatruas e desonestos estão no Brasil e no mundo. Eles criam perfis e sites de fachada para mentir, falar mal e disseminar o ódio. Essas pessoas se infiltram nas redes sociais para manipular outras pessoas. Divulgam notícias que “soam” como valsa aos ouvidos de alguns internatuas.


Vão espalhando notícias criadas, que não existem. Criam um cenário convincente – mas mentiroso. Deixam comentários apimentados em notícias – e deixam as pessoas inocentes se estapeando com palavras. Vão se divertindo com a ingenuidade.


Mais do que isso: alguns ganham dinheiro com as mentiras. E muita gente patrocina esses falcatruas.


Como muitos leitores do Portal Martin Behrend entraram em contato buscando informações, dizendo que não sabem identificar um perfil Fake ou um site Fake, repasso algumas características que na maioria das vezes confirmam: é um perfil Fake, é um site Fake.


Publicidade


1 – Poucas ou nenhuma foto: O Fake – como é um perfil mentiroso – quase não publica fotos com pessoas, até porque é mentiroso e não quer aparecer. Então, num perfil Fake, praticamente não se achará fotos dele com outras pessoas, aniversários, casamentos, festas, etc.


2 – Foto ou imagem não é de pessoa: O Fake costuma usar uma imagem de algum personagem ou paisagem. Como ele é uma farsa, quer se manter escondido. O falcatrua é covarde e se esconde.


3 – Fotos copiadas: O Fake costuma usar fotos de outros perfis – são milhões de pessoas com fotos no Facebook. No Google dá para descobrir se a foto é única ou se está sendo utilizada em outro perfil.


4 – Peça WhatsApp do Fake para trocar novas ideias: Ele não vai fornecer. Como quer se esconder, vai se acovardar.


5 – Veja com quem ela fala, quem são os amigos – Os Fakes costumam não ter amigos conhecidos. Ou poucos são de sua relação – os ingênuos. Fake tem Fake de conhecido.


6 - Confira o país de origem dos amigos: É comum perfis falsos terem outros perfis falsos como amigos.


7 – O site Fake não tem nome de jornalista ou responsável: Como o Fake é um falcatrua, ele cria um site sem nomes de profissionais, ou com nomes de profissionais desconhecidos. Pesquise e, se não achar responsável ou nome de jornalista responsável, tem grandes chances de ser site Fake. Os sites Fakes criam nomes parecidos com veículos de comunicação tradicional. Faça duas perguntas: Conheço esse site? Quem é o responsável? Além disso, em sites Fakes não costumam aparecer endereço e telefones – os Fakes querem se esconder, são covardes.


8 – Cruze os dados do Fake: Se uma pessoa diz ser de uma cidade, deve ter vários amigos adicionados que também são daquele município. O mesmo vale para escolas e locais de trabalho. É preciso pesquisar e logo um Fake é desmascarado.


9 – Muitos compartilhamentos: O Fake costuma compartilhar muita coisa. Ele vai criando a simpatia com ideias que deseja manipular e influenciar. Desconfie de quem muito compartilha.


10 – BOM SENSO. Você precisa compartilhar tudo? Você precisa dar espaço pra falcatruas? Você quer seguir sendo manipulado? Dedique um tempo para pesquisar. Lembre-se: um dia pode ser sua FAMÍLIA ou seu NEGÓCIO sendo atacado, difamando. E aí não adianta reclamar das pessoas estarem compartilhando.


Evitar Fakes dá um pouco de trabalho. Agora, você prefere dedicar cinco minutos de pesquisa ou ser manipulado feito um fantoche na mão de um falcatrua?

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS