NOVO HAMBURGO

17°C

Publicidade

Contrapartida de megaempreendimento: maternidade do Hospital Municipal será reformada

Valor destinado é de R$ 500 mil e obras devem ter início nos próximos dias

14 de Março, 2018 às 12:50

Hospital Municipal receberá melhorias a partir de valor repassado pela MRV

A polêmica implantação de megaempreendimento da construtora MRV na área do antigo Estádio Santa Rosa, no bairro Vila Rosa – o projeto final contempla 600 apartamentos e cerca de dois mil moradores – teve diversos desdobramentos. Um deles envolve as contrapartidas que a empresa deve cumprir, entregando melhorias e benefícios para Novo Hamburgo, como a Praça Jardim Vila Rosa, que foi inaugurada ano passado.


Conforme foi noticiado pelo Portal Martin Behrend em novembro de 2016 – a matéria está no link http://www.martinbehrend.com.br/noticias/noticia/i... –, uma das contrapartidas seria: "Reforma de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do município a ser definida pela Prefeitura no valor de até R$ 500 mil". E esta melhoria vai ocorrer bem próximo do local do empreendimento.


A confirmação foi divulgada nesta terça-feira (14) pela Prefeitura de Novo Hamburgo. O setor de maternidade do Hospital Municipal será reformado em breve. O projeto inicial já está concluído e o trabalho deverá ter início nos próximos dias.


Os quartos e banheiros, que passaram por um processo de dedetização nesta semana, receberão obras de melhorias, assim como o corredor que dá acesso à área. “Este é um setor muito antigo, com mais de 70 anos, e que será revitalizado com o objetivo de prestar um atendimento mais apropriado à população de Novo Hamburgo e cidades vizinhas. São mais de 2.000 nascimentos registrados a cada ano”, explica o diretor-presidente da Fundação de Saúde, Rafaga Fontoura.


Publicidade


A contrapartida da MRV é de R$ 500.000,00 e refere-se a obras que estão sendo executadas no antigo Estádio Santa Rosa. “Devido às dificuldades financeiras estamos buscando alternativas para viabilizar investimentos. As contrapartidas são importantíssimas para atendermos demandas existentes há décadas”, ressalta a prefeita Fátima Daudt (PSDB).


O projeto, que vem sendo trabalhado há cerca de dois meses, prevê a reestruturação da ala de internação da maternidade, trazendo mais comodidade e melhorias no atendimento.


Está é uma boa notícia e até um contraponto à reportagem que o Portal Martin Behrend divulgou ontem, com a circulação de baratas num dos banheiros e infraestrutura sucateada na Ala Águia do Hospital Municipal – a matéria está no link http://www.martinbehrend.com.br/noticias/noticia/i... .

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS