NOVO HAMBURGO

14°C

Publicidade

O quinto metatarso e o futuro de uma Nação

está na hora de colocarmos na pauta assuntos que sejam importantes para nosso futuro ou daqui a 15 anos você continuará a reclamar da corrupção, falta de segurança, etc!

11 de Março, 2018 às 14:28

Lesão no craque da seleção brasileira foi muito mais comentada do que graves casos de corrupção no Brasil. Divulgação

Panem et circenses (pão e circo), a política adotada no Império Romano - hoje questionada por alguns historiadores - cada vez mais parece fazer parte de nosso cotidiano.


O que poderemos pensar de um país que respira futebol, carnaval, BBB, Pablo Vittar (para ficar apenas em um exemplo musical) e que tem 12,7 milhões de famílias assistidas pelo Bolsa Família?


Uma rápida olhada no Google Trends (ferramenta de pesquisa que apresenta a tendência de determinados assuntos, de acordo com a quantidade de buscas realizadas por palavras) mostra bem isso. Pensando que estamos num período pré eleitoral, onde o futuro de 207 milhões de pessoas está em jogo, ver que o quinto metatarso do Neymar foi mais importante para as pessoas que temas relacionados com a política nacional é - no mínimo - preocupante.


Na semana entre 25 de fevereiro e 3 de março, quando aconteceu o problema com o jogador, também tivemos mais uma Operação Lava Jato, envolvendo o ex governador baiano Jaques Wagner com a acusação de ter recebido absurdos 82 milhões de reais em propinas. Ainda na Lava Jato ocorreu a entrega de dezenas de e-mails por parte de Marcelo Odebrecht, com mais informações sobre a relação da empresa Odebrecht com o ex presidente Lula.


Como se já não fosse pouco na mesma semana houve um bate-boca entre os ministros do Supremo Gilmar Mendes e Luiz Roberto Barroso, que em seu bojo envolvia ninguém mais, ninguém menos, que o presidente da República, Michel Temer. Os três casos “extra-campo de futebol” tiveram menos repercussão na mídia e entre as rodas de amigos, que o ossinho do pé direito do craque brasileiro.


Publicidade


Está certo que, do jeito que anda a política Brasil, as pessoas estejam sem estômago para comentar sobre o tema, mas a gravidade de tudo o que está ocorrendo nesse setor é muito grande pelo pouco que as pessoas se interessam.


Este texto poderia ter sido escrito no passado, há um, dois, cinco, dez, quinze ou mais anos, apenas alterando os fatos, porém com o mesmo resultado: os assuntos referentes ao futebol, carnaval, BBB e etc. sempre tiveram mais atenção por parte da mídia e população que os assuntos relacionados à política.


“Você não terá resultados diferentes se continuar fazendo as mesmas coisas”, frase atribuída a Albert Einstein, ilustra bem nosso atual paradigma: está na hora de colocarmos na pauta assuntos que realmente sejam importantes para nosso futuro.


É isso ou daqui a 15 anos você continuará a reclamar da corrupção, falta de segurança, etc!

Autor

Ricardo Gusmão

Saiba mais

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS