NOVO HAMBURGO

34°C

Publicidade

Gramadozoo recebe quatro graxains-do-campo

São dois machos e duas fêmeas jovens com aproximadamente dois anos

01 de Fevereiro, 2018 às 16:06

Os animais estavam no Centro de Triagem de Sapucaia do Sul. Divulgação Gramadozoo/Halder Ramos

O Gramadozoo recebeu quatro graxains-do-campo (Lycalopex gymnocrecus). São dois machos e duas fêmeas jovens com aproximadamente dois anos. Os animais estavam no Centro de Triagem de Sapucaia do Sul e foram encaminhados para formar o plantel do zoo pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema). Em Gramado, eles estão na área de quarentena e, em breve, irão para um recinto especial com características que simulam seu habitat natural.


Conforme a bióloga Tatiane Nunes, responsável técnica do Gramadozoo, os animais são irmãos e, possivelmente, órfãos. Os filhotes foram resgatados na região de Charqueadas. Foram encontrados sozinhos bem pequenos – pesavam em média 230 gramas. “Eles foram criados na mamadeira. A mãe não foi localizada. A suspeita é de que tenha morrido”, diz.



De acordo com a bióloga, a destruição do habitat, a caça predatória e os atropelamentos são ameaças para a espécie. “Com a expansão de áreas agrícolas, os animais acabam fazendo deslocamentos para outros territórios, atravessando rodovias e ficando em risco. No zoo, eles terão papel fundamental na educação ambiental”, destaca.



Segundo a bióloga, os graxains comem frutas, insetos e pequenos vertebrados. “São importantes dispersores naturais de sementes. Possuem hábito solitário e, no período de reprodução, são vistos aos pares.”, observa.


Publicidade


Tatiane explica que os canídeos serão submetidos a exames veterinários de rotina antes de irem para seu novo espaço. “Como eles foram resgatados muito pequenos, não conseguiriam sobreviver na natureza. Os animais farão parte do nosso plantel. O recinto deles vai priorizar o bem-estar da espécie”, afirma.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS