NOVO HAMBURGO

29°C

Publicidade

Expectativa: conciliação poderá liberar terrenos para construção de novas passarelas sobre BR-116

A Justiça Federal terá sessões de conciliação em Novo Hamburgo

31 de Janeiro, 2018 às 18:09

Passarela do Jornal NH foi uma das primeiras a ser concluídas pelo DNIT

A construção de novas passarelas sobre a BR-116 nos trechos de Novo Hamburgo e São Leopoldo poderá ter uma definição importante nesta quinta-feira (01.02). A Justiça Federal de Novo Hamburgo realizará conciliações em ações judiciais que visam a desapropriar áreas em Novo Hamburgo e São Leopoldo.


São sete processos em questão, envolvendo terrenos às margens da BR-116 perto da Unisinos, em São Leopoldo, e próximo da Churrascaria Primavera, Viaduto Ayrton Senna e I Fashion Outlet, todas em em Novo Hamburgo.


Participarão das conciliações, além dos proprietários dos imóveis a serem desapropriados, representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Rio Grande do Sul (DNIT/RS), magistrados, servidores e conciliadores da Justiça Federal.


As sessões de conciliação ocorrerão a partir das 9 horas no Centro Judicial de Solução de Conflitos e Cidadania – CEJUSCON da Justiça Federal de Novo Hamburgo, sito à rua Dr. Bayard de Toledo Mércio, 220, 7º andar, no bairro Canudos.


HISTÓRICO


Publicidade


Em 16 de julho de 2016, o Portal Martin Behrend publicou: “DNIT começa construção de passarelas na BR-116. As primeiras serão em Esteio, São Leopoldo e Novo Hamburgo.” Estão previstas 19 passarelas de Canoas a Novo Hamburgo. A matéria está no link: http://www.martinbehrend.com.br/noticias/noticia/i...


Num primeiro momento, o DNIT construiu passarelas onde não havia necessidade de desaproprias áreas, casos das passarelas do Jornal NH (Novo Hamburgo), Limoeiro (São Leopoldo) e Votoran (Esteio). Agora, o órgão precisa ter a desapropriação das áreas para seguir erguendo as novas estruturas.


Uma das maiores demandas envolve a construção de passarela em frente ao I Fasion Outlet, em Novo Hamburgo, onde centenas de trabalhadores correm riscos semanalmente ao cruzar a rodovia.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS