NOVO HAMBURGO

35°C

Publicidade

Crateras em um dos acessos a Novo Hamburgo dão as “boas vindas” a visitantes

Em dias de chuva, as crateras desaparecem e vários motoristas tiveram sustos e prejuízos no local

08 de Janeiro, 2018 às 17:08

Placa convida para conhecer a Rua do Calçado. Em seguida, crateras recebem motoristas

O motorista vem circulando pela BR-116, no sentido Interior-Capital. Passa sob o Viaduto Ayrton Senna e a passarela Osvaldo Kaiser. A intenção é acessar Novo Hamburgo. A placa de sinalização turística indica: “Centro e Rua do Calçado”. O motorista já se assanha: “Vou conhecer a Capital Nacional do Calçado”.


Ele pega o acostamento para ingressar em Novo Hamburgo pelo bairro Primavera. Então, vem as “boas vindas” do município. Dois enormes panelões na saída da BR-116 para quem vai acessar a rua boa Saúde. E não é pouca coisa: uma é profunda e larga, que já fez vítimas e causou muitos sustos. Quando chove, então, a armadilha é perfeita. Uma péssima acolhida para quem chega a Novo Hamburgo por este local.


O dinossauro Haroldo Jones naturalmente foi visitar estes buracões. Enquanto fazia fotos, recebia buzinaços assertivos de motoristas, que gritavam para fotografar “essa vergonha”. Bem, o Haroldo gosta de buracos, afinal, ele foi descoberto numa dessas crateras ainda em 2014. Mas é preciso admitir: essas duas panelas são perigosas! Os motoristas precisam desviar, motoqueiros fazem manobras arriscadas e driblam as crateras, enfim, é um cartão de visitas nada simpático.


Começando o segundo ano à frente da Prefeitura, o governo Fátima Daudt (PSDB) poderia começar 2018 resolvendo essa antipática e desastrosa saudação a visitantes.


Publicidade



A HISTÓRIA DO DINOSSAURO HAROLDO JONES


Antes de qualquer coisa: Haroldo Jones é um personagem de ficção. Já os buracos visitados por Haroldo Jones são reais. Tristemente e vergonhosamente, muito reais!


Há muitos e muitos anos os dinossauros habitavam as terras de Novo Hamburgo. Isso foi há milhões de anos. Eis que um fenômeno inexplicável aconteceu: no meio de tantos buracos, crateras, rombos, rachaduras, desníveis e armadilhas nas ruas da cidade veio um grito do passado: “Hhhhhhhhhhhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuaaaaaaaaaaa!!!”


Após milhões de anos preso sob a terra, o dinossauro Haroldo Jones retornou. E veio com uma missão: agradecer pessoalmente à equipe da Prefeitura por deixar tantas crateras e buracos à mostra. Achando espaço em uma destas fendas, Haroldo Jones ressuscitou. Ele é da linhagem dos Jones, que tem entre seus integrantes mais famosos Indiana Jones. Sim, Indiana, o famoso arqueólogo do cinema. Está no DNA da família Jones a busca pelo passado, os buracos, as crateras, enfim.


Agora, Haroldo Jones quer reencontrar seus familiares. E ele acredita que no meio de tantos buracos das ruas de Novo Hamburgo terá êxito. Desta forma, você pode ajudar!


Se você tem algum buraco que mereça ser visitado por Haroldo Jones, envie um e-mail para martin@martinbehrend.com.br. Com ajuda de sua fita métrica e de sua trena, ele vai até o local, registra a passagem, mede o buraco e ainda dá nota. Haroldo Jones é só agradecimento com os administradores de Novo Hamburgo: com tantos buracos sua tarefa ficará mais fácil! Quer ter o buraco da sua rua visitado por Haroldo Jones? Ele espera seu e-mail!

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS