NOVO HAMBURGO

29°C

Publicidade

O Orçamento da União, de R$ 3.500.837.633.386,00, em 3.000 caracteres

O festival de zeros do Orçamento é longo e impossível de ser apresentado em um único texto

01 de Janeiro, 2018 às 16:30

Falta espaço na calculadora para decifrar o Orçamento da União. Divulgação

Fiquei honrado com o convite do Martin para ser um dos blogueiros do seu portal - o mais acompanhado da região pela credibilidade e imparcialidade de seu mentor - e feliz por ter um espaço democrático para expor minhas ideias e pensamentos sobre os assuntos que nos cercam.


Em tempos de Twitter, onde você limita seu comentário ao máximo de 280 caracteres, ganhar um espaço para opinar com 3.000 "batidas" é um sonho de consumo e iniciei minha busca para o artigo inaugural.



Num País como o Brasil, onde a cada semana nos deparamos com mais um, dois ou três escândalos (fazendo com que nos esqueçamos dos que aconteceram no mês passado), confesso que foi difícil escolher o “primeiro" assunto, tantas foram as opções levantadas sejam na esfera municipal, estadual ou federal.



Pela relevância do fato (pois afeta a vida de todos os cidadãos brasileiros) e também pela absoluta falta de repercussão e discussão sobre o mesmo, escolhi o Orçamento Geral da União, aprovado pelo Congresso Nacional em 13/12/17.


Publicidade


Acredito que você - assim como eu - nunca se deu ao trabalho de ler - literalmente - tal obra, pois recebemos através da imprensa as informações que “achamos" (ou que eles acham) serem necessárias sobre o assunto. Ledo engano e foi daí (ao pesquisar e começar a ler todo o Orçamento) que me deparei com números não divulgados e que assustam pelas despesas e a quantidade de zeros nelas gastas, do total de R$ 3.5 trilhões.


Sentado para ver alguns números? Então vamos lá:


- Temos um gasto de R$ 13,6 bilhões no “Fundo Constitucional do Distrito Federal/FCDF”. Já ouviu falar nele? Não? Esse Fundo foi criado através da Lei nº 10.633, (27/12/2002), sancionada por Fernando Henrique Cardoso e tinha "a finalidade de prover os recursos necessários à organização e manutenção da polícia civil, da polícia militar e do corpo de bombeiros militar do Distrito Federal, bem como assistência financeira para execução de serviços públicos de saúde e educação.” Em 2003 era no valor de R$ 2,9 bilhões…


- Muito se fala no “custo do Congresso”, na ordem de R$ 10,4 bilhões (R$ 6 bilhões da Câmara de Deputados e R$ 4,3 bilhões para o Senado), mas você sabe quanto custa “apenas" a Presidência da República? R$ 5,8 bilhões.


- Na Justiça temos três pesos (muito pesados): Trabalho (R$ 20,6 bilhões), Federal (R$ 11,8 bilhões) e Eleitoral (R$ 8,6 bilhões). Somados são incríveis R$ 41 bilhões!


O festival de zeros é longo e impossível de ser apresentado em um único texto. Retomaremos o assunto em outras oportunidades, mas fica o convite para você também pesquisar o Orçamento em http://www.planejamento.gov.br/assuntos/orcamento-... e ter uma visão mais ampla de como está sendo gasto o seu/nosso suado imposto.


Importante é termos em mente que não podemos apenas receber as informações através da mídia. Devemos ler e analisar “na fonte” os dados.


Ninguém melhor que você para tirar suas próprias conclusões.

Autor

Ricardo Gusmão

Saiba mais

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS