NOVO HAMBURGO

13°C

Publicidade

Família Luciano segue poderosa na política de Novo Hamburgo: vereador Naasom é o novo secretário da Saúde

Vice-prefeito Antônio Fagan deixa titularidade da Secretaria Municipal da Saúde

28 de Dezembro, 2017 às 19:49

Vereador deixa o Legislativo e assume como secretário do governo Fátima Daudt. CVNH/Divulgação

O sobrenome Luciano é poderoso na política de Novo Hamburgo. Gostem ou não, a família está ao lado do poder desde a década de 1990, com o ex-vereador Ito Luciano e, agora, com um de seus filhos, Naasom Luciano. Em janeiro de 2016, o Portal Martin Behrend publicou a matéria “Quem é o Renan Calheiros de Novo Hamburgo, que desde a década de 1990 está sendo governo?” – está no link http://www.martinbehrend.com.br/noticias/noticia/i.... A reportagem comprovava a capacidade do sobrenome Luciano estar aliado ao poder no município.


Pois esta força que compleatará três décadas está mais uma vez demonstrada. Vereador de segundo mandato, Naasom Luciano (PTB) está abrindo mão de seu posto na Câmara de Vereadores – e deixando de lado os 2.279 votos de seus eleitores – para assumir como titular da Secretaria Municipal da Saúde. Ele substituirá, a partir de 2 de janeiro, o vice-prefeito e médico Antônio Fagan, que estava acumulando funções.


Segundo a Prefeitura, Naasom aproveitará seus conhecimentos técnicos como advogado e sua experiência enquanto liderança política para dar agilidade a processos junto aos governos. Ele também tem pretensões de se lançar candidato a deputado estadual na eleição de outubro de 2018.


Na Câmara de Vereadores, quem deverá assumir a vaga de Naasom Luciano é o ex-vereador Cristiano Coller (1.770 votos). Ex-filiado ao PDT, Coller está na Rede. Ele vem atuando no governo Fátima Daudt como subsecretário na Secretaria Municipal de Obras Públicas, Serviços Urbanos e Viários (Semposu).


Com isso, o PTB fica sem bancada no Legislativo, enquanto a Rede terá dois vereadores: Coller e Gabriel Chassot. Com a saída de Naasom, o governo Fátima Daudt perde um de seus mais ferrenhos defensores, talvez o principal, na Câmara Municipal.

Publicidade


A Prefeitura ainda comunica que, seguindo uma proposta de trabalho integrado, o médico Antônio Fagan continuará contribuindo, com sua experiência, na busca de melhorias para a pasta, intensificando o acompanhamento junto às unidades de saúde.

FUNDAÇÃO DE SAÚDE


Já a Fundação de Saúde Pública de Novo Hamburgo (FSNH) passará a ser presidida pelo advogado Ráfaga Fontoura (PSDB), em substituição a Cláudia Schenkel (PSDB). Ráfaga é formado em Direito pela Unisinos e está se desvinculando da Clínica do Rim – clínica de hemodiálise com mais de 20 mil atendimentos SUS por ano, onde atua como diretor desde 2008. Ele é filho do fundador da Clínica do Rim, o médico nefrologista Gilvan Fontoura, que morreu em 2008.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS