NOVO HAMBURGO

26°C

Publicidade

Obras de revitalização do Centro de Novo Hamburgo começarão em 2018

Prefeita Fátima Daudt divulgou informações durante evento promovido pelo Sindilojas

29 de Novembro, 2017 às 16:13

Calçadão de Novo Hamburgo, inaugurado em 1984, receberá revitalização. Imagem ilustrativa

O Centro de Novo Hamburgo começará em 2018 um grande processo de revitalização. O anúncio foi feito ao meio-dia desta quarta-feira (29) pela prefeita Fátima Daudt (PSDB) durante o evento Oficina de Negócios promovido pelo Sindilojas Novo Hamburgo, e realizado na Sociedade Ginástica. Serão investidos US$ 10 milhões (com o câmbio de hoje, cerca de R$ 32 milhões) relativos ao empréstimo junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), num contrato que começou a ser viabilizado ainda na gestão do ex-prefeito Jair Foscarini. “Vamos ter um Centro que, além de orgulhar os hamburguenses, vão atrair visitantes de toda região”, projeta a prefeita.


A previsão da Prefeitura é que a licitação ocorra até fevereiro de 2018. Dentro de uma evolução normal da burocracia, as obras poderão começar em junho do ano que vem. A conclusão dependerá do planejamento e do clima. A estimativa é que deverá levar cerca de 18 meses.


Este recurso de US$ 10 milhões envolve uma parte do empréstimo total de US$ 23 milhões do BID. Uma fração foi aplicada na revitalização do Parcão; outra parte será repassada para a recuperação do Centro; e o valor restante está indicado para o desenvolvimento econômico, com o Centro de Inovação Tecnológica (CIT).


Entre as contrapartidas da Prefeitura, estão investimentos na regularização fundiária da Vila Kipling, Vila Palmeira, melhorias na avenida Alcântara, no bairro Canudos e obras da Comusa. Em relação ao empréstimo do BID, o secretário Gilberto dos Reis destacou que o município tem até 2037 para pagar, e a quitação ocorre na medida que os recursos são liberados.


Publicidade


Fátima Daudt fez a apresentação das informações ao lado de quatro secretários: Gilberto dos Reis (Fazenda), Roberta Gomes de Oliveira (Desenvolvimento Urbano e Habitação), Faisal Karam (Obras Públicas, Serviços Urbanos e Viários) e Paraskevi Bessa-Rodrigues (Desenvolvimento Econômico). Ela fez questão de lembrar que uma das grandes ações do seu governo foi recuperar o valor do empréstimo junto ao BID, já que no governo Lauermann o contrato foi praticamente perdido. “Tivemos um trabalho de resgatar nossa credibilidade. Fomos até Brasília e conseguimos ganhar mais dois anos pra executar as obras”, destacou.


PARCERIA


A prefeita destacou a importância da aproximação com o comércio da região central. “Teremos intervenções, questões do trânsito e obras, e isso vai afetar por alguns períodos os comércios. Vamos ter um ponto para as pessoas tirarem dúvidas. Estamos também conversando com o Sindilojas para que os comerciantes acompanhem esse movimento, valorizando seus negócios e deixando o Centro mais atraente por completo”, comentou. Ela também frisou que os moradores também precisarão ser compreensíveis, cientes de que os investimentos beneficiarão o município. “Vamos ter no Centro um grande e agradável shopping a céu aberto”, projeta a prefeita.


ALGUMAS MELHORIAS NO CENTRO DE NOVO HAMBURGO


- Receberão novo asfalto, passeios públicos padronizados e cordão das calçadas as seguintes ruas: avenida Pedro Adams Filho, rua David Canabarro, rua 5 de Abril, rua Lima e Silva, Largo Povo de Canelones, rua Magalhães Calvet, rua Cidade de Atlântida e parte da rua Joaquim Nabuco.

- Revitalização do Calçadão da rua General Netto (Calçadão da Escola Oswaldo Cruz) – Troca de piso, das luminárias, novos mobiliários e paisagismo

- Ligação do Calçadão e a Praça do Imigrante no mesmo nível. A Avenida Pedro Adams Filho terá uma pequena elevação, que será a faixa de segurança ligando Calçadão e praça.

- Colocação de chafariz na Praça do Imigrante. Chafariz no piso, podendo ser desativado para deixa piso seco permitindo maior ocupação da praça. Não terá espelho de água.

- Atual prédio do Receptivo Turístico será transformado em posto da Guarda Municipal e loja de souvenirs e produtos de Novo Hamburgo

- Ampliação e melhoria nos banheiros públicos.

- Bancas serão mantidas em seu espaço, mas serão revitalizadas com novos materiais. A questão jurídica envolvendo os atuais permissionários, que ocupam as Bancas sem ter passado por licitação e concorrência pública, será mantida com a Procuradoria Geral do Município (PGM) e Ministério Público.

- A atual estrutura (casa) ocupada pela Faixa Nobre no Largo Povo de Canelones (atrás das Bancas) será transformada num café e lancheria

- O Paradão de ônibus da Avenida 1º de Março será revitalizado, com novos materiais e piso nas estruturas.

- Implantação de parquímetros, sepultando a atual Faixa Nobre e modernizando o sistema de estacionamento rotativo pago. A instalação dos parquímetros começará junto com as obras, quando ocorrerem as obras nos passeios públicos.

- Retirada de fios nos postes das ruas centrais. Há estimativa que 50% da fiação não esteja mais sendo usada, poluindo visualmente e trazendo contratempos para a comunidade. A fiação subterrânea na região central – como ocorre na avenida Borges de Medeiros, em Gramado – foi inviabilizada pela RGE Sul, que trouxe argumentos técnicos para fazer a alteração.


A SEGUIR, REGISTROS DA FALA DA PREFEITA FÁTIMA DAUDT E MAIS DETALHES DAS OBRAS - IMAGEM ILUSTRATIVAS, PODENDO SOFRER ALTERAÇÕES NO MOMENTO DA EXECUÇÃO


RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS