NOVO HAMBURGO

24°C

Publicidade

Afinal, pode ser colocada a frase “Terra do Campeão Gaúcho de 2017” em placas na BR-116?

Torcedores do Esporte Clube Novo Hamburgo já publicaram diversas mensagens nas redes sociais cobrando homenagem

07 de Outubro, 2017 às 11:51

Torcedores anilados pleiteiam homenagem nas placas localizadas na BR-116

Dezenas de torcedores do Esporte Clube Novo Hamburgo seguem cobrando mais homenagens e reconhecimentos pela histórica e inédita conquista do Campeonato Gaúcho de 2017. Frequentemente, as redes sociais recebem cobranças para que este feito que colocou Novo Hamburgo no mapa do futebol mundial – afinal, superou dois campeões do mundo – tenha mais destaque no município.


Além das distinções protocolares, o Noia teve apenas uma grande homenagem, com a Praça Jardim Vila Rosa, que foi construída pela MRV como contrapartida a investimentos da construtora no município. No bairro Vila Rosa, foi recuperado o antigo pórtico do Estádio Santa Rosa e foram colocados na praça totens com fatos e feitos da história anilada. A outra grande ação foi fruto da mobilização de torcedores, que pintaram o muro do Estádio do Vale com os dizeres de Campeão Gaúcho.


Recentemente, a jornalista hamburguense Débora de Oliveira, apresentadora do SBT, publicou mensagem no grupo do Facebook de torcedores do Esporte Clube Novo Hamburgo, com dezenas de curtidas e comentários. Ela publicou texto acompanhado de imagem da placa – são três na BR-116 – com os dizeres: “Bem-vindo a Novo Hamburgo – Capital Nacional do Calçado”. Confira a manifestação:


“Mais uma vez chego a Novo Hamburgo e nada de lembrança do nosso título. Eu não tenho interesse em discussões políticas. Não gosto, não entendo, nem sei qual partido da atual gestão. Mas, até agora, a única praça e homenagem inaugurada, foi feita por uma empresa privada. Será falta de visão ou anti-marketing?!? Quando que a gente pode se imaginar sendo campeões novamente?! A hora de comemorar, de valorizar, de explorar essa conquista é AGORA, foi lá em maio. Já são meses de “Calma que estamos providenciando”, “A culpa é Dnit que precisa autorizar”... Ahhh não brinquem com a minha inteligência. Era de essa cidade estar tomada de comemorações. Da entrada até os bairros. Quando na história teremos a chance de propagar tamanho orgulho novamente?! O que vimos foi o Estado todo, o Brasil e o mundo valorizando a conquista do Novo Hamburgo. Eu só não vi Novo Hamburgo fazendo isso... Na hora da foto oficial tinha um monte de autoridade se julgando campeã. Na hora de investir no fortalecimento de uma conquista, há meses é só omissão. Desculpem o desabafo.”


Publicidade


Quem responde pela colocação, manutenção e definição de placas, sinalização, passarelas, etc, na BR-116 é o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). A reportagem do Portal Martin Behrend foi verificar o que pode ser feito para a colocação dos dizeres “Terra do Campeão Gaúcho de 2017”.


Através da assessoria de imprensa do órgão, foi informado que corte de recursos impedem gastos e ações considerados secundários tendo como referência a segurança dos motoristas. Dentro dessa perspectiva, o Dnit não tem orçamento para providenciar alguma mudança que não seja prioritária. Confira o esclarecimento oficial:


“A Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Rio Grande do Sul (Dnit/RS) - por meio da Unidade Local de São Leopoldo – informa que o contrato de manutenção e conservação da BR-116 sofreu dois contingenciamentos provindos do Governo Federal, o que inviabilizou qualquer ação que não fosse de estrita urgência ou que não fosse visando a segurança do usuário, tais como: recomposição do pavimento, tapa buracos emergenciais e limpeza da pista, entre outros. Dessa forma, todas as ações consideradas secundárias para a segurança do usuário, foram suspensas, sinalização solicitada é indicativa e não de regulamentação.


Além disso, a reportagem do Portal Martin Behrend quis saber o que é necessário para se alterar uma placa instalada na BR-116. Até porque, há alguns anos, o Portal Martin Behrend fez alerta sobre informações conflituosas no acesso a Novo Hamburgo e, alguns dias depois, o Dnit alterou a respectiva sinalização que gerava confusão nos motoristas.


- É possível mexer no que está escrito? Se a solicitação não ferir às normas do Contran e do Programa BR-Legal;

- Quem pode alterar? Quem autoriza essa alteração? Conforme descrito acima, o DNIT autoriza, e a empresa responsável pela manutenção e conservação efetua o trabalho.

- Quem deve solicitar essa alteração? O usuário ou interessado, de maneira formal.


- Como deve ser protocolada essa solicitação? Formalmente na Unidade Local de São Leopoldo/SRE-RS-DNIT.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS