NOVO HAMBURGO

24°C

Publicidade

Uma hora. Dois cruzamentos no Centro. Mais de 100 pedestres desrespeitaram sinal e cruzaram no vermelho

De 18 a 25 de setembro ocorre mais uma Semana Nacional do Trânsito com intensa programação

11 de Setembro, 2017 às 16:59

Cruzamento da Pedro Adams Filho com a Joaquim Nabuco: total desrespeito à sinalização

De 18 a 25 de setembro, será realizada mais uma edição da Semana Nacional do Trânsito em vários municípios brasileiros. O tema principal do evento em 2017 é “Minha escolha faz a diferença no trânsito”, divulgado no primeiro semestre do ano pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). O desafio é mais uma vez buscar a conscientização dos brasileiros sobre a responsabilidade de cada um para que todos sejam respeitados. O número de mortes por ano no trânsito no Brasil ultrapassa 40.000 desde 2010. Já teve ano superando 45.000 mortes em ruas, estradas e avenidas.


Muitas campanhas de conscientização no trânsito focam o motorista. Com razão, afinal, alguns cidadãos se julgam pilotos e transformam o veículo numa máquina mortífera. São tragédias praticamente diárias pelo país. Contudo, a responsabilidade pela segurança no trânsito é um dever de todos.


Para avaliar como está o comportamento dos pedestres de Novo Hamburgo, a reportagem do Portal Martin Behrend esteve no Centro em dois cruzamentos: Rua Bento Gonçalves x Rua Joaquim Nabuco e Avenida Pedro Adams Filho x Rua Joaquim Nabuco. Durante uma hora, ficou sendo observado e contabilizado quantos pedestres ignoram a sinalização, cruzam no sinal vermelho e “atropelam” veículos, que são forçados a frear abruptamente, já que os pedestres estão invadindo a rua de forma indevida.


Publicidade


O levantamento é desolador. Em 60 minutos, foram 113 pedestres que cruzaram no sinal vermelho. Homens, mulheres, jovens, adolescentes, idosos. O desrespeito é geral. Em alguns casos, os pedestres cruzando no vermelho obrigaram os veículos a frearem e prejudicam a fluidez do trânsito na região central do município. É um festival de infrações, desrespeito e falta de educação.


MANUTENÇÃO URGENTE


Também deve ser feito o registro da sinalização de trânsito deficitária em muitos cruzamentos de Novo Hamburgo. Em vários locais, as faixas de segurança praticamente desapareceram. Esse problema de pintura não justifica o desrespeito e a falta de educação, mas contribui para tornar a infração mais “convidativa” e o cenário ainda mais caótico.


Em relação à manutenção da sinalização, a Secretaria de Obras Públicas, Serviços Urbanos e Viários, por meio da Diretoria de Trânsito, recebeu, na semana passada, a máquina de pintura de sinalização viária que estava passando por uma reforma. O diretor de Trânsito, Ricardo Schiavon, comenta que agora a secretaria vai requalificar os trechos de pintura asfáltica que se encontram apagados na cidade de Novo Hamburgo. "Com a chegada da máquina, vamos começar dentro de uma programação realizar as pinturas de eixos e divisórias de pista das principais vias da cidade. Depois, entrando nos bairros, de acordo com o nosso cronograma de demandas. As pinturas proporcionam maior qualidade e segurança para todos que se deslocam pela cidade", explica.


CONFIRA VÁRIOS FLAGRANTES DE PEDESTRES DESRESPEITANDO A SINALIZAÇÃO

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS