NOVO HAMBURGO

27°C

Publicidade

Sede do PMDB de Novo Hamburgo é o mais recente alvo dos vermes da pichação

Presidente da sigla no município diz que partido não se intimidará com ação isolada de algum marginal

08 de Setembro, 2017 às 14:28

A praga da pichação segue fazendo vítimas em Novo Hamburgo. O mais recente ataque covarde de vermes da sociedade teve como alvo a sede do PMDB de Novo Hamburgo, localizada na Rua José de Alencar, no bairro Rio Branco. A sede, que leva o nome do ex-prefeito hamburguense Jair Henrique Foscarini, teve sua fachada pichada com a palavra “golpistas”. É o tipo da agressão irracional e covarde, pois o autor não tem a capacidade de aparecer.


O Portal Martin Behrend entrou em contato com o presidente do PMDB de Novo Hamburgo, Márcio Lüders. Ele respondeu a quatro questionamentos feito pela reportagem. Confira a seguir os esclarecimentos do líder da sigla no município.

O PMDB suspeita de quem pode ter sido o autor?

Não fazemos ideia de quem foi o autor, mas suspeitamos que seja algum marginal ou um desocupado ou os dois.


Publicidade


O PMDB de Novo Hamburgo se considera um partido golpista?

O PMDB de Novo Hamburgo tem um histórico invejável de serviços prestados para a comunidade, tendo governado nossa cidade em cinco oportunidades nos últimos 37 anos e hoje contamos com a maior bancada na Câmara. Temos ainda um protagonismo político marcante em nossa cidade pois desde 1980, ano de Fundação do PMDB, ou nosso projeto venceu as eleições ou ficou em segundo lugar. Diante disso, hostilizar nosso partido só nos faz mais fortes para seguirmos nossa luta por uma cidade melhor.



O PMDB se intimida com esse tipo de gesto?

O PMDB foi o partido responsável pela construção do caminho que levou o Brasil a democracia social que vivemos, e inclusive durante a ditadura militar não faltou ao Brasil, portanto, jamais se intimidaria com uma ação isolada de algum marginal.


O PMDB deverá repintar a fachada em breve?

Buscamos sempre que possível pintar a fachada da sede como manutenção, infelizmente todos aqueles em nossa cidade, que tem a fachada de seu prédio na calçada sofre ou já sofreu com algum ato criminoso como este, em momento oportuno faremos a manutenção.

Nesta semana, o Portal Martin Behrend já havia denunciado outra agressão com pichação a um patrimônio histórico de Novo Hamburgo. A reforma na sede do antigo Colégio Oswaldo Cruz - que tem quase 90 anos de história - ainda nem foi finalizada, mas os pichadores já deixaram sua marca porca, conforme registrado na reportagem: http://www.martinbehrend.com.br/noticias/noticia/i... .

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS