NOVO HAMBURGO

24°C

Publicidade

PDT ingressa no governo de São Leopoldo e ganha duas secretarias do prefeito Vanazzi

Em outubro do ano passado, os candidatos a prefeito do PT e PDT tiveram disputa acirrada pela Prefeitura

31 de Agosto, 2017 às 07:45

Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito lotou nesta quarta-feira. Henri Figueiredo/PMSL

Em outubro do ano passado, os candidatos a prefeito de São Leopoldo do PT e PDT tiveram acirrada disputa. Ary Vanazzi (PT), com 33.850 votos, acabou levando a melhor sobre Professor Nado (PDT), que alcançou 29.468 votos. E, assim, Vanazzi conquistou seu terceiro mandato como chefe do Executivo leopoldense.


Menos de um ano após esse enfrentamento, PT e PDT estão alinhados na Prefeitura. A cerimônia de posse de dois novos secretários do governo municipal marcou o ingresso formal do PDT na Frente Popular e aconteceu na noite desta quarta-feira, 30 de agosto, na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito – que ficou lotada de membros do diretório municipal do PDT e de integrantes dos demais partidos que formam o governo Vanazzi.


O matemático leopoldense Rafael Oscar de Souza, que é suplente de vereador do PDT, tomou posse como o novo titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (Sedetec). Já a pedagoga Ângela Beatriz Machado, também natural de São Leopoldo, é a nova titular da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes).


Publicidade



Abrindo os pronunciamentos da cerimônia, o presidente municipal do Partido dos Trabalhadores (PT), Guilherme Louzada, registrou que “é um momento histórico para São Leopoldo a união das duas forças políticas mais progressistas que disputaram as últimas eleições”. “Essa união é para resgatar e recuperar São Leopoldo e não se pode abrir mão dos quadros qualificados que o PDT possui na cidade”, disse Louzada.


Para o presidente municipal do PDT, vereador Ary Moura, é pelo povo que mais precisa e que está nas periferias do município que partido ingressa no governo municipal. “Partido político precisa ter quadros, mas também vontade de fazer gestão – temos causas em comum e grande capacidade para ajudar a governar e melhorar as coisas”, frisou Moura.


Após assinar as portarias de nomeação dos dois novos secretários do PDT, o prefeito Ary Vanazzi saudou os presentes e apontou: “Estamos compondo politicamente o nosso governo na defesa dos trabalhadores e trabalhadoras e contra as reformas que atacam direitos. Este é um acordo político que vai ajudar na recuperação da autoestima da cidade. Insistimos com a aliança com o PDT porque estamos construindo uma reaproximação cultural e política com o partido”. “Já fui base do PDT quando era vereador e o doutor Olímpio Albrecht era prefeito e nunca vacilamos na defesa do lado certo porque sempre tive convicção de que o nosso campo é o da Esquerda. Na política não temos que ficar de bem com todos, precisamos saber o lado em que estamos e vamos continuar”, finalizou o prefeito Ary Vanazzi.


Nos próximos 15 dias, acontecerá a transição em ambas as secretarias. De acordo com a Secretaria de Gestão e Governo, nesse período serão também divulgadas as novas funções administrativas, no governo municipal, dos ex-secretários Olimar Müller de Queiroz (Sedetec) e Rodrigo de Mello Castilhos (Sedes).



CURRÍCULOS DOS NOVOS SECRETÁRIOS



Secretário de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico - Rafael Oscar de Souza, 27 anos

Natural de São Leopoldo, formado em Matemática na Unisinos, Rafael Souza é atualmente pesquisador do curso de Ciências Sociais, com foco em políticas públicas, do curso de mestrado da mesma instituição. Trabalha há 10 anos no setor privado na área de tecnologia. Concorreu a vereador em São Leopoldo nas eleições de 2016 quando fez 1778 votos ficando como suplente da bancada do PDT. Já assumiu o cargo de vereador em algumas ocasiões. Atualmente é presidente do Movimento Juventude Socialista do PDT.



Secretária de Desenvolvimento Social - Ângela Beatriz Machado, 49 anos

Natural de São Leopoldo, é formada em Pedagogia na perspectiva social e graduanda em Direito pela Unisinos. É gestora em implementação de projetos e programas sociais, nas esferas municipal, estadual e nacional, atuando como Coordenadora estadual do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) pelo Programa Nacional das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Desenvolveu a implementação do Programa em várias cidades do RS, participando de formações, viagens, seminários e representação do mesmo para autoridades e sociedade civil. Implementou o Plano de Convivência Familiar e Comunitária nos Municípios de Gravataí, Cachoeirinha e Canoas, pela AMENCAR – Associação de Apoio à Criança e Adolescente e foi Conselheira Tutelar no Município de São Leopoldo.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS