NOVO HAMBURGO

29°C

Publicidade

Inicia blitz de veículos de tração animal em São Leopoldo

A Secretaria de Proteção Animal de São Leopoldo (Sempa) iniciará a fiscalização de veículos de tração animal.

08 de Agosto, 2017 às 18:02

A fiscalização das carroças e dos animais ocorrerá em diversos locais da cidade. Divulgação

A Secretaria de Proteção Animal de São Leopoldo (Sempa) iniciará a fiscalização de veículos de tração animal. De acordo com Anderson Ribeiro, titular da Sempa, a fiscalização segue o cronograma definido em fevereiro. “Em agosto iniciam as blitze para educação dos condutores e, após este mês, as blitze terão poder de apreensão seguindo leis vigentes, uma delas desde 2005”, explica o secretário.

A fiscalização das carroças ocorrerá em diversos locais da cidade. Inicialmente, as barreiras serão de advertência, quando será entregue material explicativo com as regras para circulação. “A Sempa vai apertar o cerco. Na primeira vez serão advertidas as irregularidades, mas após serão apreendidos todos os veículos que não se adequarem. Serão devolvidos somente após cumprimento de todas as exigências legais”, adverte o secretário.

Serão permitidas apenas carroças com duas rodas ou charretes com duas rodas, sendo proibido qualquer outro meio de tração. O condutor deve portar carteira de identidade e ter mais de 18 anos. O animal deve estar com ferraduras (em bom estado), limpo, alimentado e hidratado. É proibido o uso de fêmeas em gestação na tração; portar ou utilizar relhos, chicotes, varas ou qualquer ferramenta similar; e ultrapassar o limite interno do veículo. A carroça deve ter: pneus em bom estado e calibrados, espaço para água e comida do animal, sistema de freio com alavanca e lona, sistema de amortecimento por molas, arreios em bom estado e sem ferir o animal, sinaleiras “olho-de-gato” na parte frontal e traseira.

Publicidade


Em caso de apreensão, os animais serão devolvidos após o pagamento das despesas médicas, de alimentação e do alojamento. Não serão devolvidos os animais que não tiverem a posse comprovada ou sem condições de tração. O animal e o veículo devem ter Nota Fiscal, ou recibo, com todos os dados e características do cavalo (resenha, origem, descrição) ou do veículo (dimensões, materiais, cor, data de fabricação), com assinatura do vendedor autenticada em cartório.


Assessoria de Imprensa/Prefeitura de São Leopoldo

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS