NOVO HAMBURGO

24°C

Publicidade

Em 1950, governador do Estado esteve em Novo Hamburgo inaugurando a EVAI – atual Pasqualini

Walter Jobim participou de cerimônia oficial na Escola Vocacional Agro-Industrial (EVAI)

09 de Julho, 2017 às 16:49

Edições de 22 e 29 de dezembro de 1950 do jornal O 5 de Abril registrando a inauguração do EVAI

Nesta semana, o Portal Martin Behrend trouxe uma notícia alentadora para o tradicional Colégio Estadual Senador Alberto Pasqualini – na divisa dos bairros São José e Hamburgo Velho, em Novo Hamburgo. O governo do Estado garantiu repasse de recursos para recuperar parte do histórico patrimônio – a notícia pode ser conferida no link http://www.martinbehrend.com.br/noticias/noticia/i....


A história do educandário passa pela cervejaria de Maximiliano Fischel, a Escola Normal Católica, o período sem atividades em função da proibição do idioma alemão na Segunda Guerra Mundial, até que projeto do governo estadual determina a estruturação da Escola Vocacional Agro-Industrial (EVAI). Foi planejado um “educandário a serviço do menor abandonado”, conforme registrado na edição de 22 de dezembro de 1950 de O 5 de Abril, o primeiro jornal do município de Novo Hamburgo. O estabelecimento foi equipado com lavanderia, tipografia, alfaiataria, aprendizagem industrial, sapataria, marcenaria, seção rural, entre outros espaços disponibilizados para que a juventude aprendesse atividades técnicas e desenvolvesse habilidades manuais.


A inauguração oficial da EVAI ocorreu num sábado, dia 23 de dezembro de 1950. O governador do Estado, Walter Jobim, veio até Novo Hamburgo prestigiar o evento, que teve como anfitrião o diretor Juvenal José Pinto. A cobertura da inauguração ocorreu na edição de 29 de dezembro de 1950 do jornal O 5 de Abril. Na reportagem, consta que Jobim desatou a fita simbólica.


O texto publicado na capa de O 5 de Abril finaliza desta forma:


“Por esses e muitos outros motivos, que seria longo enumerar, o dia 23 de dezembro de 1950 constitue doravante uma efemeride de jubilo e satisfação para o Brasil, para o Rio Grande do Sul e, principalmente, para Novo Hamburgo, em cujo seio foi lançada, neste dia, a semente fecunda de um estabelecimento inédito neste Continente e que, por certo, frutificará para a felicidade de todos.


Publicidade


Novo Hamburgo, cujo prestigio se funda na singularidade das iniciativas dos seus filhos em o beneficio da grandeza nacional, cujos anseios se alicerçam nos sentimentos da mais lidima brasilidade, bem merece a distinção que lhe conferiu o Governo do Estado em localizar em suas entranhas mais este fator civilizador que indubitavelmente é a Escola Vocacional Agro Industrial de Hamburgo Velho, confiada a uma pleiade de homens compenetrados de sua nobre missão.”


CONFIRA ABAIXO AS CAPAS DAS EDIÇÕES DE 22 E 29 DE DEZEMBRO DE 1950 DO JORNAL O 5 DE ABRIL:

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS