NOVO HAMBURGO

24°C

Publicidade

Moradores pedem investimentos em região do Boa Saúde que recebe famílias transferidas de áreas de risco

Comunidade cobra ampliação de serviços públicos e Prefeitura destaca os atendimentos realizados no bairro

04 de Julho, 2017 às 16:32

Praça CEU: vigilância permanente em espaço público que está semiabandonado

Angustiados por aguardar alguns investimentos em serviços públicos, parte dos moradores do bairro Boa Saúde, em Novo Hamburgo, realizou protesto na semana passada. Houve bloqueio de rua e a Brigada Militar foi acionada. Muitos moram no Residencial Novo Hamburgo e outros viviam em áreas de risco no município, e foram transferidos para terrenos no entorno da Rua do Bosque e da Praça CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados). “Essa região precisa de mais atenção da Prefeitura. O protesto foi a maneira de chamarmos a atenção para nossos problemas”, destacou Loriane Dias Pimentel. “Muita gente de outros bairros foi colocada aqui, e isso trouxe um aumento de população em curto espaço de tempo”, complementa.


Segundo estatísticas dos moradores, atualmente 574 famílias residem na região do Residencial Novo Hamburgo, e o número tende a aumentar. As principais queixas são: falta uma escola de educação infantil mais próxima e com mais vagas; os itinerários das linhas de ônibus não favorecem os moradores nem os deficientes físicos; o posto de saúde do bairro deveria ser redimensionado e poderia ser redimensionado; o CRAS do bairro Primavera fica muito longe dos moradores – e atende quatro bairros. “Estamos na parte baixa do bairro. A dificuldade de deslocamento é permanente. Além de cansativo, tudo ficou distante”, completa Loreni.


Outra angústia dos moradores é a Praça CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados). O espaço que foi projetado para ter várias atividades está semiabandonado. A Guarda Municipal tem presença constante no espaço. Quadra de esportes, pista de skate, academia e o wi-fi são algumas das coisas que funcionam. Contudo, existem várias salas vazias, desocupadas e algumas sendo deterioradas. Atividades como teatro, esporte, biblioteca foram abortadas. Em ambientes como o banheiro, peças estão detonadas e falta manutenção. “É um ambiente que deveria estar pulsando, cheio de movimento. Contudo, quase nada acontece aqui”, lamenta a moradora.


Publicidade


Crianças não faltam na região, tanto que nos espaços que estão abertos a gurizada aproveitar para correr atrás de bola e se divertir. “Montamos uma pequena horta pra tentar dar mais vida ao espaço”, comenta Loriane. A presença da Guarda Municipal traz mais tranquilidade para um espaço que já teve registro de assassinato e outras cenas violentas. “Na questão da educação, temos muitas crianças que não conseguem ser matriculadas. Estivemos na Prefeitura, fomos recebidas, mas nada foi definido”, completa


ESCLARECIMENTOS


A Prefeitura de Novo Hamburgo foi procurada pela reportagem do Portal Martin Behrend e enviou os seguintes esclarecimentos:


- Falta uma escola de educação infantil na região - a Floresta Encantada não daria conta | De acordo com a Secretaria de Educação, existem 148 alunos matriculados na EMEI Floresta Encantada, no bairro Boa Saúde. Na educação infantil, exceto as creches, atendem a demanda da localidade. A Pasta oferece transporte para os alunos da região para ida e volta ao estabelecimento de ensino.


- Falta um posto de saúde - o da Boa Saúde estaria sobrecarregado | Segundo a Secretaria de Saúde, o posto não está sobrecarregado, atendendo na medida do possível todas as demandas que chegam ao local.

- Falta melhorar itinerário dos ônibus e ter ônibus adaptados para cadeirantes e deficientes físicos - como moram numa região de muitas lombas, as dificuldades de circular com pessoas com alguma dificuldades são enormes | A Diretoria de Transportes informa que existem 20 horários de ônibus que passam pela Praça CEU e adjacências, sendo sete horários de ônibus especiais para cadeirantes.

- Praça CEU - A Secretaria de Esportes informa que está em tratativas em parceria com a Secretaria da Cultura na criação de projetos para dinamizar a ocupação do espaço.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS