NOVO HAMBURGO

25°C

Publicidade

Doações de hamburguenses representarão mais de R$ 700 mil para 12 entidades beneficentes e esportivas

Prefeita Fátima Daudt sancionou lei que beneficia instituições com repasse de recursos do Funcriança

03 de Julho, 2017 às 16:37

AMO Criança foi a entidade que recebeu maior número de recursos através de doações. Divulgação

A prefeita de Novo Hamburgo, Fátima Daudt (PSDB), sancionou a lei número 3.020/2017, que repassa recursos do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Funcriança) para 12 organizações da sociedade civil, em valor montante de mais de 700 mil reais.


Os recursos repassados derivam de doações de parte do Imposto de Renda devido feitas por pessoas físicas e jurídicas, com identificação expressa das entidades e respectivos projetos beneficiários, que são aprovados e chancelados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) nos anos de 2015 e 2016.


Confira, a seguir, as entidades beneficiadas - pela ordem de valores doados pela comunidade de Novo Hamburgo:


1 - Associação de Assistência em Oncopediatria (AMO Criança)

Valor: R$ 345.841,99


2 - Fundação Cidade do Menor São João Bosco - Lar da Menina
Valor: R$ 154.072,63


3 - Fundação Semear

Valor: R$ 66.835,68

4 - Associação Beneficente Evangélica da Floresta Imperial (Abefi)
Valor: R$ 41.520,21


5 - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae)

Valor: R$ 26.827,68

6 - Associação dos Deficientes Visuais de Novo Hamburgo (Adevis NH)
Valor: R$ 26.661,77

7 - Associação Evangélica de Ação Social (Aevas)

Valor: R$ 23.886,47


8 - Associação Congregação de Santa Catarina - Centro Social Madre Regina

Valor: R$ 16.878,60


9 - Fundação Francisco Xavier Kunst

Valor: R$ 9.000,00

10 - Associação do Bem-Estar da Criança e do Adolescente (Asbem)
Valor: R$ 6.248,71


11 - União Jovem do Rincão (UJR)
Valor: R$ 2.306,00


12 - Liga Hamburguense de Handebol
Valor: R$ 1.800,00


DOAÇÃO VIA IMPOSTO DE RENDA


O Funcriança é um órgão autônomo que financia programas e projetos de promoção dos direitos de crianças e adolescentes, administrado pelo CMDCA. O Conselho delibera a aplicação dos recursos conforme as diretrizes da lei, com reconhecimento quanto ao impacto social. Todas as pessoas, físicas e jurídicas, podem destinar parte do Imposto de Renda para fundos e projetos que auxiliam no processo de inclusão social de jovens cidadãos, bastando consultar o Funcriança ou um contador para calcular a destinação do Fundo.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS