NOVO HAMBURGO

27°C

Publicidade

Empresa de São Leopoldo investe em clubes tradicionais e ídolos do futebol gaúcho

Indústria no Vale do Sinos também é responsável pela produção dos uniformes do atual campeão gaúcho

03 de Julho, 2017 às 09:16

Responsabilidade e parceria de sucesso: uniformes do Noia são da Dresch. Divulgação

Estar na cabeça e no coração das pessoas, sendo cada vez mais reconhecida no Rio Grande do Sul. Este é o posicionamento da Dresch Sport. “Quando alguém pensar em comprar uniformes esportivos, camisas de clubes, agasalhos, jaquetas ou outros produtos, queremos ser a marca lembrada pelo design e qualidade”, afirma o diretor comercial Diego Dresch. Da tecnologia de ponta no parque de máquinas aos tecidos e técnicas utilizadas na confecção de cada peça, investimentos não faltam para atingir este propósito e expandir os negócios. A empresa, por exemplo, e a responsável pela produção dos uniformes do atual campeão gaúcho: Esporte Clube Novo Hamburgo.


Com gestão familiar, a indústria de São Leopoldo, começou sua história produzindo uniformes para empresas. Quinze anos depois, ao perceber lacunas no mercado esportivo, decidiu entrar em campo e deu início à manufatura de fardamentos com marca própria. Hoje, fornece uniformes para mais de 10 mil times amadores em todo o Rio Grande do Sul, negócio que é o carro-chefe das vendas, com uma participação de 60% da produção.


Resultados que ganharam maior vulto a partir da decisão de se tornar patrocinadora oficial de clubes esportivos profissionais: Aimoré, Novo Hamburgo e Pelotas, todos do interior do Estado. “A concorrência é pesada e somos um fabricante de médio porte, o que torna alto o custo alto da operação futebol, porém apostamos nesta vitrine para crescer”, diz Diego, acrescentando que este shape, esta exposição do logotipo da marca nos uniformes desses times, tem como retorno a imagem positiva para a empresa e, lógico, vendas.


Publicidade

FATURAMENTO


Em outra ação de marketing, a Dresch Sport associou sua marca a ídolos: o volante Paulo César Tinga, Sandro Sotilli, o maior artilheiro da história do Gauchão, e Ricardinho Alves, bicampeão paraolímpico, bicampeão mundial e duas vezes eleito o melhor jogador do mundo de futebol para cegos. Além disso é patrocinadora oficial da Federação Gaúcha dos Árbitros de Futebol de Salão e da Associação Gaúcha dos Árbitros de Futebol de Salão (Agafusa). Só esses dados citados já seriam suficientes para medir o crescimento e a visibilidade da marca, que segue com a produção de uniformes para empresas – segmento inicial da Dresch e que representa quase 50% das vendas.


A Dresch Sport não chegou neste patamar como num passe de mágica. Da confecção, que lá em 1986 funcionava em uma pequena sala no bairro Fião e se chamava “Tititi”, a indústria planejou passo a passo seu desenvolvimento. Além da estrutura fabril de 1,2 mil metros quadrados, na Vila Baum, possui uma loja física na rua Lindolfo Collor, Centro de São Leopoldo, e colocou em operação, em dezembro de 2016, seu primeiro Outlet, localizado na Avenida Parobé, 3820, também na sua cidade natal.


Unidades que são responsáveis pela geração de 60 empregos diretos, responsáveis pela produção de mais de 10 mil peças por mês. Além de uniformes para diversos esportes (futebol, futsal, basquete, handebol, vôlei, tênis, atletismo, corrida), acessórios como bolsas, mochilas, luvas de goleiro, meias, faixas de capitão, a empresa tem uma grande linha de roupas casuais, como jaquetas, abrigos, camisas polo, camisetas, bermudas, regatas, voltadas ao mercado de moda. E há dois anos, passou a fabricar roupas fitness. “Nossa expectativa é entrar em novos nichos esportivos, assim como a abertura de lojas em outras regiões do Estado.”

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS