NOVO HAMBURGO

27°C

Publicidade

Curso de Medicina: representantes do Ministério da Educação visitam Novo Hamburgo

Objetivo é conhecer as instalações da área da Saúde para implantação do curso de Medicina na Universidade Feevale

02 de Junho, 2017 às 08:41

Representes do MEC, Prefeitura e Feevale estiveram reunidos nesta quinta-feira. PMNH/Divulgação

Representantes do Ministério da Educação (MEC) estão em Novo Hamburgo até este sábado (03.06) para visitar as instalações da área da Saúde da Universidade Feevale e do município. Essa é mais uma etapa do processo de implantação do curso de Medicina na Instituição. A Feevale foi uma das instituições de educação superior selecionadas pelo MEC, em 2015, para ofertar o curso de Medicina. No mês passado, São Leopoldo também já havia sido visitada pelos técnicos do MEC, já que a Unisinos também foi selecionada para oferecer o curso. O Portal Martin Behrend fez recente reportagem sobre o tema: http://www.martinbehrend.com.br/noticias/noticia/i...


Na manhã desta quinta-feira, o secretário de Saúde e vice-prefeito, dr. Antônio Fagan (PPS), recebeu na Prefeitura uma comissão técnica do Ministério da Educação e representantes da Feevale para avançar no ato regulatório para a criação do curso na cidade. Técnicos do ministério realizaram questionamentos ao Executivo sobre a estrutura de atendimento da saúde pública no município, como o número de médicos na rede, de estabelecimentos de saúde e como são realizados os atendimentos à população.



“A visita da comitiva técnica hoje é o primeiro passo para a implementação do curso de Medicina, pois até então não havia nenhum encontro entre União, Município e a instituição de ensino para alicerçar o acordo de parceria para que os acadêmicos de medicina da Universidade Feevale possam utilizar as unidades de saúde do município para sua graduação”, destacou Fagan.

Publicidade


NÚMERO DE VAGAS


Depois de concluído o processo do MEC, a Universidade Feevale passará a ofertar 60 vagas para a formação de médicos. A proposta do curso é para turno integral, com duração de 7.550 horas. Os estudantes participarão de atividades práticas desde o primeiro semestre de formação, com atendimento à comunidade na rede de atenção básica dos municípios de Novo Hamburgo, Campo Bom, Dois Irmãos, Ivoti e Sapiranga, bem como nos hospitais conveniados de Novo Hamburgo e Sapiranga e no Centro Integrado de Especialidades em Saúde (CIES), localizado junto ao Câmpus II da Feevale.


O investimento da Universidade Feevale para a implantação do curso de Medicina é de cerca de R$ 15 milhões, considerando a construção, ampliação e melhorias em laboratórios e espaços específicos, como o Centro Integrado de Especialidades em Saúde, destinado ao atendimento de pacientes do SUS e à formação dos profissionais de saúde.


Participaram também da reunião na Prefeitura de Novo Hamburgo a reitora da Universidade Feevale, Inajara Vargas Ramos, a diretora presidente da Fundação de Saúde Pública (FSNH), Cláudia Schenkel, e técnicos do Ministério da Educação.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS