NOVO HAMBURGO

26°C

Publicidade

Gramado e Caxias firmam parceria para manutenção da Ponte do Raposo

Ponte do Raposo fica no limite dos dois municípios e foi construída em 1936, com estrutura metálica que veio da Alemanha

25 de Maio, 2017 às 08:03

Autoridades dos dois municípios se encontraram na Ponte do Raposo para acertar detalhes. Gilberto Michelin Jr.

Uma parceria entre as prefeituras de Gramado e Caxias do Sul visa a manutenção da Ponte do Raposo, limite entre os dois municípios, que liga a área norte de Gramado a Vila Oliva. Durante uma reunião no último dia 17, o assunto foi tratado entre os gestores das duas cidades, em visita ao local. O convênio busca o reparo no pavimento de madeira danificado da ponte e prevê que Caxias se responsabilize pelo material (a madeira) e Gramado pela contratação da mão de obra.


“A execução da obra em conjunto gera economicidade para Caxias e Gramado. Com o tempo, o piso em madeira vai se deteriorando em virtude do aumento do tráfego no local, inclusive de caminhões pesados. Os reparos são essenciais para a segurança de quem circula, como moradores, representantes comerciais e freteiros”, explica o Secretário de Agricultura, Alexandre Meneguzzo.


Paralelamente, Gramado busca recursos no Ministério da Integração Nacional para a reforma geral da ponte, que inclui a manutenção da estrutura de ferro e prevê investimento inicial de R$ 400 mil. A Ponte do Raposo foi construída em 1936, com estrutura metálica da Alemanha. “Os reparos do pavimento em madeira são emergenciais. Durante as duas horas em que vistoriamos o local, pelo menos 40 veículos transitaram, o que deixa claro a importância de se fazer uma análise de toda a estrutura. Além disso, há a preservação de um patrimônio”, complementa Meneguzzo.


Publicidade


Participaram do encontro o Secretário Adjunto de Agricultura de Gramado, Antonio Fávero, e secretários de Obras e Serviços Públicos, Leandro Pavan, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Camila Sandri Sirena, e do Turismo de Caxias do Sul, Renata Aquino Carraro.


AEROPORTO REGIONAL


Outro assunto discutido foi a formação de um grupo de estudos para tratar de ações mais complexas caso o aeroporto de Vila Oliva se concretize. A via poderia ser usada por turistas com destino à Região das Hortênsias. Entre as ações, foram tratadas a possibilidade do asfaltamento da estrada, a construção de uma nova ponte e a utilização da ponte atual, em ferro e madeira, como atrativo turístico.


Assessoria de Imprensa/Gramado

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS