NOVO HAMBURGO

27°C

Publicidade

Lula ameaça prender jornalistas. É a cartilha do partido. Em Novo Hamburgo, teve censura e discriminação contra jornalista

Ex-presidente da República fez ameaça durante etapa paulista do 6º Congresso do PT

06 de Maio, 2017 às 16:31

E-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Divulgação

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a atacar e intimidar integrantes da imprensa brasileira. Nesta sexta-feira à noite, durante etapa paulista do 6º Congresso do Partido dos Trabalhadores (PT), embalado pela possibilidade de se candidatar a presidente da República em 2018, ele ameaçou prender jornalistas que fazem cobertura politica, em especial da operação Lava Jato. “Se eles não me prenderem logo, quem sabe um dia eu mando prendê-los por mentir”, ameaçou.


Lula não parou por aí. Ele criticou bastante a imprensa e disparou: “Vamos regulamentar os meios de comunicação.” O ex-presidente atropela a Constituição, que garante a liberdade de imprensa e a liberdade de expressão. E ignora de propósito, para tumular e confundir, que existem condenações no Poder Judiciário de jornalistas e veículos de comunicação que mentiram ou publicaram informações inverídicas sobre determinadas pessoas. Tem excessos na imprensa? Tem. E isso se combate com reparações judiciais, não com mordaça. Aliás, esta ameaça deveria estar sendo criticada por todos jornalistas brasileiros, mas o que temos hoje são muitos profissionais de imprensa ignorando o juramento que fizeram - alguns nem juraram, pois não nem concluíram o curso de Jornalismo - em nome de um cargo ou de um benefício particular.


Esta cartilha de agredir, intimidar e censurar a imprensa é repetida pelos petistas em outras realidades. Em Novo Hamburgo, por exemplo, o Portal Martin Behrend foi censurado e discriminado pelo governo do ex-prefeito Luis Lauermann (PT) com aval de lideranças do PCdoB, PDT e PTB. Durante cerca de dois anos, o Portal foi excluído do material de comunicação do governo municipal, foi impedido de acompanhar pautas e não obtinha respostas do município para repassar aos leitores.


Publicidade


Esta atitude do governo petista foi repudiada pela Câmara de Vereadores de Novo Hamburgo e também pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul, conforme registrado em reportagens: http://www.martinbehrend.com.br/noticias/noticia/id/1576/titulo/camara-de-vereadores-aprova-mocao-de-protesto-por-censura-e-discriminacao-impostas-pelo-prefeito-lauermann e http://www.martinbehrend.com.br/noticias/noticia/id/1283/titulo/sindicato-dos-jornalistas-repudia-discriminacao-e-censura-aplicadas-pela-prefeitura-de-novo-hamburgo .


O governo da prefeita Fátima Daudt tem petistas e simpatizantes no seu governo. Estão infiltrados, agindo como lobos em pele de cordeiros. São militantes que, quer pela omissão, quer pelo posicionamento, incentivaram a censura e a discriminação no governo do PT. Vamos ver como a tucana vai lidar com essas situações. Basta acompanhar as redes sociais para perceber que aqueles que aparentemente defendem a democracia e os direitos dos cidadãos são os primeiros a censurar e discriminar.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS