NOVO HAMBURGO

24°C

Publicidade

Projeto de escritório de arquitetura de Novo Hamburgo é finalista de concurso nacional

Cinco projetos são finalistas do Concurso Cultural Veka do Brasil

22 de Março, 2017 às 16:03

Detalhes do projeto do escritório Gerhard + Spindler arquitetura. Fotos Divulgação

Um projeto do escritório Gerhard + Spindler arquitetura, de Novo Hamburgo, está entre os cinco finalistas do Concurso Cultural Veka do Brasil. A fase final terá ainda a presença de projeto de Porto Alegre e outros três projetos de profissionais de Florianópolis (SC). Quem assina o projeto do escritório hamburguense são os arquitetos Cristiane Gerhard e Rafael Spindler. Um juri técnico escolheu os cinco finalistas


O grande vencedor Concurso Cultural Veka do Brasil terá seu projeto publicado no Anuário Casa Vogue e estampará a capa do Anuário Veka. A definição ocorrerá por votação na internet pelo site http://veka.com.br/concursocultural/#/participar. O projeto com maior número de votos será declarado vencedor. A Veka é uma empresa reconhecida em mais de 80 países por seus sistemas de perfis em PVC para portas, janelas e persianas.


APRESENTAÇÃO DO PROJETO DO ESCRITÓRIO


Os arquitetos Cristiane Gerhard e Rafael Spindler fizeram uma apresentação do projeto finalista para o Concurso Cultural Veka do Brasil.


Publicidade


“A residência HV25 localiza-se em um condomínio fechado na cidade de Novo Hamburgo, região metropolitana de Porto Alegre. Possui área construída de 565m², distribuída em três pavimentos: porão, térreo e superior. O projeto arquitetônico buscou estabelecer uma total integração entre os ambientes da residência. Para isto, foram propostos espaços amplos que se relacionassem uns com os outros, estimulando assim a amplitude dos ambientes. Além disso, a opção de aberturas amplas era fundamental na medida em que a relação entre espaços abertos e fechados deveria ocorrer de forma natural e contínua. Assim, utilizamos esquadrias de grandes dimensões, compostas por perfis de alta qualidade que garantem uma movimentação suave e uma vedação completa.


Com este importante elemento incorporado no projeto, foi possível estabelecer uma grande unidade entre os espaços internos e externos da residência, ou seja, a premissa principal de projeto foi plenamente alcançada. Os demais materiais utilizados na construção da residência foram definidos a partir da ideia de conceber um edifício sustentável, tanto na sua concepção como na sua utilização. Neste sentido, as grandes aberturas estabelecem ventilações cruzadas que imprimem um conforto natural nos ambientes internos. O balanço visto do volume do pavimento superior sobre o inferior busca criar sombras que protegem os espaços da insolação excessiva. Por fim, sistemas modernos de aquecimento solar das águas quentes, além de placas fotovoltaicas geradoras de eletricidade garantem um desempenho acima da média desta residência.


Através da confiança depositada pelos clientes em nosso trabalho, conseguimos desenvolver um projeto que prima pela qualidade dos espaços, pela perfeição construtiva e pela utilização de materiais qualidade superior. Na residência HV25, todos os elementos foram cuidadosamente definidos no intuito de estabelecer um objeto cultural primoroso, na medida em que a relação entre as partes do projeto configuram um edifício puro, sustentável e acima de tudo, íntegro.”

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS