NOVO HAMBURGO

23°C

Publicidade

Após irmandade com cidade na Alemanha, Ivoti busca cidade coirmã no Japão

Três cidades japonesas estão sendo avaliadas para promover a irmandade: Nagahama, Konan-shi e Aisho-cho

24 de Fevereiro, 2017 às 07:52

Prefeita recebeu comitiva de japoneses para começar a estreitar relacionamentos. Prefeitura de Ivoti/Divulgação

Nesta quinta-feira, a prefeita de Ivoti, Maria de Lourdes Bauermann (PP), recebeu o diretor superintendente da Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Rio Grande do Sul, Wada Yoshiji, que apresentou dois professores japoneses, Keiko Nishibori e Takahito Yamane. Eles estão trabalhando em escolas do Ensino Fundamental na capital paulistas há 1,8 ano e quando retornarem ao Japão, apresentarão a vontade da prefeita em estreitar o vínculo cultural com o Japão. “Temos uma cidade coirmã na Alemanha. Agora, só falta com o Japão”, destacou Maria.


Três cidades japonesas estão sendo avaliadas para promover a irmandade: Nagahama, Konan-shi e Aisho-cho, a última considerada a mais provável, devido às características semelhantes à Ivoti: com 20.730 pessoas e área de 37,97 quilômetros quadrados de área, a cidade possui 406 brasileiros vivendo na cidade, dos 700 estrangeiros. Takahito apresentou as 3 cidades no mapa do Japão.


Publicidade


Também acompanharam a comitiva a presidente da Associação Nipo-Brasileira da Colônia Japonesa, Tazuko Arima, a diretora de Cultura da Associação, Kiyomi Shimozono Miyabe e a professora de japonês da Colônia Japonesa, Nao Kobayashi, além do secretário municipal Adriano Graeff e o assessor das áreas de Cultura e Turismo, Emerson Martinez Fortes. Após a visita ao gabinete, a prefeita acompanhou o grupo até o Memorial da Colônia Japonesa.


Em 2010, a prefeita esteve em Rottenbuch, na Alemanha, assinando a irmandade. Neste ano, a intenção é retomar a proposta de intercâmbio.

Assessoria de Imprensa/Ivoti

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS