NOVO HAMBURGO

25°C

Publicidade

Bar, Café e Restaurante Abrigo marcou época como estação rodoviária e ponto de encontro dos hamburguenses

Abrigo funcionou durante anos em área ocupada atualmente pela Praça do Imigrante

09 de Outubro, 2016 às 19:56

Anúncio do Bar, Café e Restaurante Abrigo publicado na edição de 8 de abril de 1949 do jornal O 5 de Abril

Um prédio em formato triangular, erguido no coração de Novo Hamburgo e assinado por um dos arquitetos mais famosos e conceituados no Rio Grande do Sul, o alemão Theodor Wiederspahn. Esse era o Bar, Café e Restaurante Abrigo. Além de restaurante e ambiente de lazer dos hamburguenses, o espaço também funcionava como estação rodoviária para viagens intermunicipais.


O Abrigo ficava na antiga Praça 14 de Julho – atual Praça do Imigrante. A praça, antigamente, tinha uma rua no meio exatamente para a circulação de veículos. Se fosse hoje, o prédio estaria erguido ao lado das Bancas, no local onde se encontram hoje o banheiro público e a academia da Praça do Imigrante.


Publicidade


A edição de 8 de abril de 1949 do jornal O 5 de Abril foi comemorativa ao aniversário de 22 anos de emancipação de Novo Hamburgo. Foi uma das maiores edições da história de 35 anos de semanário, com 48 páginas e mais de uma centena de anúncios. Entre as publicidades encontradas, na página 31 estava a do Bar, Café e Restaurante Abrigo. Na publicidade constavam as seguintes informações:

- O ponto principal da cidade

- Instalada no coração da cidade

- Reservem suas passagens para Porto Alegre antes de embarcar

- Restaurante de 1ª ordem

- Aperitivos nacionais e estrangeiros. Lanchs, sanduíchs, etc.

- 2º Piso: Bar e Bilhares “Snookers”

- Frederido Lenhardt

- Praça 14 de Julho – Novo Hamburgo

O Abrigo marcou época em Novo Hamburgo, mas com a remodelação da praça o prédio acabou sendo demolido. As Bancas, por sua vez, continuam até hoje por lá. Ainda sobre Theodor Wiederspahn, ele veio da Alemanha em 1908, instalou-se em Porto Alegre e abriu escritório em Novo Hamburgo na década de 1930. Wiederspahn teve tanta visibilidade e tanta fama que ainda hoje é lembrado como o maior arquiteto gaúcho de todos os tempos.

RECEBA EM PRIMEIRA MÃO

Sem spams comerciais. Apenas informação.

Publicidade
Publicidade

PARCEIROS